Sobre mim

Advogado. Graduado em 2010 na Faculdade Toledo de Presidente Prudente e Pós graduado em Direito Civil e Processual Civil na mesma instituição em 2014. Atuante nas áreas de Direito de Família e Direito do Consumidor.

Verificações

Haroldo Gushiken, Advogado
Haroldo Gushiken
OAB 311.108/SP VERIFICADO
O Jusbrasil confirmou que esta OAB é autêntica

Principais áreas de atuação

Direito do Consumidor, 25%

É um ramo do direito que lida com conflitos de consumo e com a defesa dos direitos dos consumidor...

Direito Desportivo, 25%

Direito desportivo é um ramo do Direito que trata das relações jurídicas existentes nas atividade...

Direito de Família, 25%

É o ramo do direito que contém normas jurídicas relacionadas com a estrutura, organização e prote...

Direito Civil, 25%

É o principal ramo do direito privado. Trata-se do conjunto de normas (regras e princípios) que r...

Primeira Impressão

(4)
(4)

4 avaliações ao primeiro contato

Comentários

(8)
Haroldo Gushiken, Advogado
Haroldo Gushiken
Comentário · há 3 anos
Excelente artigo para reflexão, @fatimaburegio

Eu sempre procuro atuar com a seriedade e responsabilidade que a profissão de advogado exige de todos nós, o que acaba gerando muito stress algumas vezes.

Mas quando termina o expediente eu procuro fazer as atividades que me dão prazer, tais como sair com os amigos, jogar videogame e correr como o Forrest Gump :)

Tentando seguir esse mantra do "mens sana in corpore sano" eu sempre volto renovado para a rotina da profissão.

Recomendações

(9)
José Roberto, Administrador
José Roberto
Comentário · há 3 anos
Preconceito: qualquer opinião ou sentimento concebido sem exame crítico. Sentimento hostil, assumido em consequência da generalização apressada de uma experiência pessoal ou imposta pelo meio; intolerância. É um assunto mega delicado, porque parece que de repente, o mundo descobriu o preconceito e pretende encontra-lo em todo canto. As pessoas tem direito a uma opinião própria e não são obrigadas a pensar e agir fazendo coro com uma maioria, e nem tudo o que se pensa, faz ou fala, tem o preconceito como conteúdo. Aliás, a própria palavra já diz: pré conceito. Quando você programa uma viagem, já está fazendo um pré conceito sobre o que pode acontecer. Quando você matricula seus filhos na escola X e não na Y, o pré conceito está presente. Quando você escolhe o melhor cinema para assistir um filme, também. Descartamos outros que sequer conhecemos por puro preconceito. Ouvimos falar. Outros não gostaram. Na verdade, o que devemos evitar e isso sim é possível, é o pré conceito danoso, aquele que nasce no desconhecimento e dessa forma cresce ou permanece. Hoje, existe um modismo, que até posso chamar de preconceituoso, de ver preconceito em tudo. Acharam bonita a palavra preconceito e andam espalhando esse rótulo em opiniões que muitas vezes estão alicerçadas em bases sólidas. Não podemos chamar de preconceito atirar sem mesmo conhecer um soldado inimigo de guerra? Pode ser uma ótima pessoa que está ali para defender seu povo, suas idéias, ou mesmo obrigado a estar ali. Fazemos o pré conceito de que ele é inimigo, feroz, vai nos matar e atiramos nele. Claro que são exemplos ampliados, para mostrar com clareza sobre o que falo. Hoje, vejo muito exagero, oportunismo e até má fé, em muitas das acusações de preconceito. O preconceito na maioria das vezes é um pré estado de defesa. O que não pode acontecer é permitir que ele se agigante e nos tape a visão e que nos faça assim julgar sem conhecimento de causa. Se eu faço uso do preconceito? Faço sim. Em muitas situações, sou mais cauteloso em função dele. Só não faço pré julgamentos ou pelo menos, tento não faze-los de forma consciente.

Perfis que segue

(7)
Carregando

Seguidores

(133)
Carregando

Tópicos de interesse

(4)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Presidente Prudente (SP)

Carregando

Haroldo Gushiken

Rua Joaquim Nabuco, 985 - Presidente Prudente (SP) - 19010-061

Entrar em contato